Dia-a-dia

Querido marido… Este post é para ti!

Querido marido… Eu sei que partilhar a casa com uma mulher não é a tarefa mais fácil do mundo. Parece que vimos de Vénus, que falamos uma língua diferente dos homens e temos sempre aquela altura do mês tramada em que a vontade de comer chocolates é ainda maior! Querido marido… Como vocês costumam dizer, quando se casam ganham um lugar no céu por nos aturarem. Pois, é verdade… E onde será o nosso lugar por termos decidido casar convosco?! 🙂

Querido marido… As mulheres não são fáceis. Parece que vocês nem sempre conseguem perceber o que dizemos ou, então, são excelentes a fazerem uma triagem de todas as frases que saem da nossa boca! Diz-me tu que percebes melhor da cabeça dos homens do que eu… A vossa caixa do nada é tramada e serve sempre para vos desculpar de quando não nos ouvem. Já pensaram o que seria do mundo se todas as mulheres tivessem uma caixa do nada? Sim, oiço tudo o que dizes… Ando é muitas vezes a mil à hora e às vezes acabo lost in translation.

Sim, as mulheres ouvem tudo o que os maridos dizem. Sim, sabemos muito bem como gostam da comida. E sim… Também sabemos que gostam muito de ter o comando da televisão disponível para verem o vosso programa preferido. Mas também gostamos muito de fazer campismo em hotéis de cinco estrelas. Também gostamos muito de entrar e sair de lojas de roupa e de sapatos, experimentar e não comprar necessariamente nada. Também gostamos de não perder pitada do nosso programa preferido da SIC Mulher…

E é ao enumerar estas dualidades todas que penso… Bolas, que sorte que eu fui ter com o marido que tenho ao meu lado! Se discutimos? Sim, claro, como acontece com qualquer casal que isto da raça humana não aguenta estar sempre a ver borboletinhas e a ouvir passarinhos a cantar. Mas depois penso em todas as coisas boas e no porto de abrigo que tenho. Que me compreende melhor do que ninguém… Que consegue ter uma paciência de santo quando as minhas hormonas andam na loucura. Que consegue ver qualidades onde eu não vejo… Muitas vezes penso como seria o meu caminho sem caminhar ao teu lado… Querido marido… Obrigada por estares sempre aí e seres bem mais forte do que alguma vez eu terei a capacidade de de ser!

 

Sim, este é um post lamechas… Mas de vez em quando também faz falta… 🙂

 

Sigam a Mom descomplicada no Facebook e no Instagram da Mom descomplicada e no Instagram das Leituras descomplicadas!
 Juntem-se ao grupo do Facebook “Leituras descomplicadas – Livros para miúdos e graúdos”!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *