Os livros da mãe

“Mães & Malabaristas”: equilibrar trabalho e família

Quem me acompanha há mais tempo por aqui ou no Facebook, já se deve ter dado conta que a relação entre o trabalho e a família me interessa. Por este motivo, ler o livro “Mães e Malabaristas” era quase obrigatório! Em tempos, já tinha escrito aqui no blog sobre este livro, quando vos deixei algumas dicas para conciliar família, trabalho e faculdade. Também já vos tinha desafiado a refletirem sobre se seria difícil (ou não!) conciliar trabalho e família. Esta é uma realidade a que nenhum de nós foge nos dias de hoje, sejamos homens ou mulheres.

Ao contrário das nossas mães e avós, a maioria de nós trabalha fora de casa. Isso implica horários mais ou menos loucos, agendas muito preenchidas e isso pode acabar por se refletir na forma como lidamos com a nossa família. Quem nunca se sentiu culpada pelas horas de trabalho fora de casa e pelo tempo que sentiu não dar aos seus filhos? Não gosto de olhar esta questão do conflito entre trabalho e família apenas na perspectiva feminina. Muitos são os homens que também o sentem, exactamente por quererem ser maridos e pais mais presentes. Mas, infelizmente, a nossa sociedade continua a ser demasiado conservadora e olha de lado homens que tomam a opção de apostar mais na família do que a carreira…

O livro “Mães e Malabaristas”, de Nora Rodriguez, promete algumas estratégias para a conciliação entre a vida profissional e a maternidade. A autora diz-nos que as mulheres têm a resposta para esta conciliação… Vamos descobrir qual é?!

 

“Mães e Malabaristas”: terão as mulheres a receita secreta?

Este livro é escrito por Nora Rodriguez, uma argentina a viver em Barcelona actualmente e que se dedica à investigação sobre bullying e violência escolar. Tem diversas publicações sobre parentalidade e o papel da mulher na sociedade actual, sendo as “Mães e Malabaristas” um exemplo. A sinopse do livro é clara:

Mães e Malabaristas não é apenas mais um livro que descreve as dificuldades de ser mãe e trabalhadora no século XXI; não encontrará aqui uma compilação de queixas sobre noites mal dormidas, chefes pouco compreensivos, consultas-relâmpago ao pediatra para não perder reuniões de trabalho urgentes ou outros exemplos dos obstáculos que enfrentam todas as mulheres que tentam conciliar a maternidade e a carreira profissional. Este é um livro sobretudo prático, direto e reivindicativo.

O livro apresenta diferentes perspectivas sobre a realidade da relação trabalho-família nas mulheres de hoje (ou, pelo menos, da realidade de 2011, ano em que foi publicado). Todo o texto é complementado por vários exemplos de histórias de vida das mulheres que a autora entrevistou para escrever este livro. Situações de famílias de diferentes tipos, com mais ou menos filhos e mulheres com cargos de maior ou menor responsabilidade.

Os vários argumentos que a autora vai apresentando sobre o livro reflectem também os diversos estudos, investigações e trabalhos que foram sendo desenvolvidos ao longo dos anos em Espanha. A comparação entre os casos reais e as conclusões destes estudos permite identificar algumas estratégias que todos, sem excepção, podemos usar para a conciliação entre o trabalho e a família.

 

“Mães e Malabaristas”: A minha visão sobre o livro

Vou confessar-vos… Ler este livro deixou-me com um sabor algo agridoce. Conforme escrevi na review que fiz no Goodreads, estava bastante curiosa dado que sou mãe, trabalhadora e estudante ao mesmo tempo. No entanto, confesso que fiquei algo desiludida quando terminei… Mais do que um livro com estratégias para a conciliação trabalho-família, este livro pareceu-me mais sobre parentalidade. Ok… Podem dizer-me que, falando-se de trabalho e de família, é impossível não falar de parentalidade. Mas isso não significa que o foco acabe por ser mais um caminho de parentalidade consciente do que falar dos principais desafios de trabalhar tendo filhos.

Não quer com isto dizer que o livro não seja interessante… Nada a ver! Apenas acho que fica um pouco aquém daquilo que promete logo na capa… Conforme se pode ler, este livro promete ser uma ajuda para conseguir conciliar vida profissional e a maternidade. Acho que a autora poderia ter explorado outros temas dentro desta realidade (licenças parentais, famílias monoparentais e os desafios inerentes, por exemplo). Longe de estar à espera de uma checklist para lidar com todos os afazeres, acho que o livro poderia dar mais ferramentas para facilitar a lidar com esta relação e impedir que surja conflito. Gostei… Mas fiquei à espera de mais…

 

Outras sugestões de leitura sobre a relação trabalho-família:

“A relação entre o trabalho e a família”, de Maria José Chambel e Maria Teresa Rodrigues

“Desenvolvimento de carreira. Uma análise centrada na relação entre o trabalho e a famílias”, de Gina Gaio Santos

“Professor Mommy. Finding Work-Family Balance In Academia”, de Rachel Connelly e Kristen Ghodsee

 

Sigam a Mom descomplicada no Facebook e no Instagram da Mom descomplicada e no Instagram das Leituras descomplicadas!
 Juntem-se ao grupo do Facebook “Leituras descomplicadas – Livros para miúdos e graúdos”!

2 Comments

    • momdescomplicada

      Mesmo! Entramos no mundo do circo desde o momento que engravidamos e nem nos damos conta dos malabarismos que nos esperam pela vida fora. Hoje em dia, com as novas realidades familiares, muitos são os pais e as mães malabaristas por esse mundo fora e que tudo fazem para que nada falte aos mais pequenos! 🙂 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *