Parentalidade

Hábitos de leitura nas crianças: o futuro nas nossas mãos

Assinala-se, durante toda esta semana, a Semana da Leitura 2019, uma iniciativa do Plano Nacional de Leitura. Este ano, o mote é “hoje leitor, amanhã leitor”, sendo uma óptima altura para falarmos dos hábitos de leitura nas crianças. Se tiverem curiosidade sobre o programa oficial desta iniciativa, podem consultá-lo aqui. São diversas as iniciativas criadas, de que destaco os “10 minutos a ler” nas escolas e nas bibliotecas municipais. As leituras devem fazer-se dentro e fora de casa, promovendo os hábitos de leitura nas crianças desde cedo e desenvolvendo a sua curiosidade pelos livros. Para os amantes de fotografia e de leitura, podem também participar no concurso de fotografia #estoualer que decorre no Instagram. Vamos ver se não participo com algumas das minhas fotos das Leituras descomplicadas!

Há uns tempos, desafiaram-me no grupo das Leituras descomplicadas, a escrever sobre como promover os hábitos de leitura nas crianças. Num país em que (segundo valores de 2018), se compra apenas 1,3 livros por ano e se opta mais por ler no mundo digital, as declarações de Teresa Calçada, comissária do Plano Nacional de Leitura, são algo preocupantes:

“Como não é tribal entre nós ler, mesmo os miúdos que lêem têm tendência a ler menos, ou a dizerem que não lêem, ou a acomodarem-se nisso, porque não é uma prática bem-vista. Nenhum miúdo se esconde de dizer os seus gostos musicais, mas livros, dizerem uns para os outros de livre e espontânea vontade, é muito difícil. E isto é cultural”

Na sua entrevista à Comunidade Cultura e Arte, Teresa Calçada diz-nos que “vivemos numa sociedade do entretenimento, na qual os jovens tendem a valorizar aquilo que aparece como muito próprio do tempo deles e que é mais tribal, ou seja, o que os amigos fazem, mas também aquilo que vêem os pais fazer”. Então o que podemos fazer como líderes da tribo lá de casa?

 

Hábitos de leitura nas crianças: Como os podemos desenvolver?

Desde cedo percebemos que os nossos filhos se tornam os nossos espelhos. Eles imitam-nos em tudo, para o bem e para o mal. Por isso, nada melhor do que sermos os líderes da matilha da leitura lá de casa. Se os nossos filhos nos virem a ler, será meio caminho andado para que eles também tenham vontade de ler. Tenho notado que, desde que comecei a ler mais na sala junto do meu filho, ele acaba sempre por se sentar ao meu lado. Seja com um livro dele ou a observar o que estou a ler, ele quer estar comigo a fazer o mesmo do que eu. O poder da imitação é fantástico e podemos colocar os neurónios espelho a trabalhar nos hábitos de leitura.

Outra forma de podermos ajudá-los na leitura, é tendo livros apropriados para a sua idade, sempre disponíveis. Na consulta dos seis meses do meu filhote, o pediatra despertou-nos para a importância de termos livros para ele. Disse-nos para comprarmos alguns livros ricos em texturas que estimulassem a componente sensorial. Os primeiros livros que comprámos nessa altura foram “À minha volta. Explorar com os sentidos” e “Toca e sente. Hora de dormir”. Estes são livros com folhas grossas e bastante resistentes que fazem a delícia de qualquer bebé! Outras sugestões de livros do mesmo tipo são “A Hora da papa. Explorar com os sentidos”, “Segue o rasto – Animais bebés” e “A minha savana para sentir”.

Um aspecto muito importante e que incentiva também a manusear os livros é tê-los sempre por perto! Pensem em vocês: se os vossos livros estiverem escondidos e de difícil acesso, vocês terão vontade de ler? Se calhar não! Com os vossos filhos acontece exactamente a mesma coisa! Um bom truque para desenvolver os hábitos de leitura nas crianças é termos livros sempre por perto nos espaços em que elas costumam estar e brincar. Cá em casa, temos livros na estante da sala e na estante do quarto, sempre disponíveis. Vou também fazendo a rotação dos livros para que exista sempre novidade. Assim, facilmente o meu filho consegue ir buscar os livros que ele quer folhear no momento e tenho visto resultados. Se quiserem dicas para montar cantos de leitura para os mais pequenos, espreitem algumas das sugestões que tenho no meu Pinterest.

Por último, nada melhor do que afastarmos todos os écrans da hora de dormir e dedicarmos alguns momentos à leitura. Todos nós sabemos que os écrans têm um efeito indesejado sobre o descanso e a capacidade de desligar o cérebro de qualquer ser humano. Mais ainda quando se tratam de crianças pequenas! Assim, nada melhor do que dar descanso à televisão e aproveitarmos a hora de deitar todos os dias para explorarmos livros em família. A criança, ao sentir que os pais também gostam e se sentem bem naquele momento, vai retirar mais prazer de toda a experiência. Estejam totalmente presentes para os vossos filhos nesse momento, sem distracções e será muito mais positivo para todos!

 

Estas são apenas algumas dicas para desenvolver os hábitos de leitura nas crianças aí de casa. Muito mais se pode dizer sobre este assunto… Explorem as bibliotecas municipais junto de vocês para ver se têm a hora do conto. Desenvolvam o hábito de requisitar, todas as semanas, um livro na biblioteca perto de vocês. Na altura do aniversário, porque não criar uma festa de anos em torno de um livro? Espreitem, por exemplo, as festas Little things – great moments. Estas meninas preparam festas mágicas em torno do livro preferido dos vossos filhos! Podem também incentivar os convidados a oferecer um livro em vez de brinquedos que rapidamente deixarão de ter interesse. E nunca esqueçam criar uma rotina anual de ida à Feira do Livro da vossa zona. Existem sempre muitas iniciativas engraçadas nestas feiras para promover a leitura nos mais pequenos. Agora não há desculpas!

 

Sigam a Mom descomplicada no Facebook e no Instagram da Mom descomplicada e no Instagram das Leituras descomplicadas!
 Juntem-se ao grupo do Facebook “Leituras descomplicadas – Livros para miúdos e graúdos”!
Siga a Mom descomplicada
20

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *