Escolhas da mãe

Dinoparque da Lourinhã: Vamos mergulhar no Jurássico?

dinoparque-da-lourinhaQuem desse lado já visitou o Dinoparque da Lourinhã? Como já se devem ter dado conta pelas diversas partilhas que vou fazendo no Facebook e no Instagram, tenho um pequeno paleontólogo em formação em casa! Ainda na semana passada, partilhei convosco um dos brinquedos do momento, o puzzle Animal World – Dinos da Science4You, de que vos falei no post “Dinossauros: Grandes amigos que nos chegam do passado!“. Em todo o lado, existem “codilos” prontos a serem descobertos e o sorriso rasgado do meu filhote diz tudo. Claro que era impossível não fazer uma visita do Dinoparque e explorar um pouco mais desta paixão… Vamos descobrir um pouco melhor o Dinoparque da Lourinhã e ficar com uma sugestão de passeio em família para o fim -de-semana?

 

Dinoparque da Lourinhã: O que é e onde fica?

dinoparque-da-lourinha

dinoparque-da-lourinha

Localizado na zona oeste, a cerca de 80 km de Lisboa na simpática Rua Vale dos Dinossauros, o Dinoparque da Lourinhã espera-nos para um mergulho no Jurássico e não só! Aberto desde 2017, na Lourinhã, a conhecida capital dos dinossauros, o parque disponibiliza uma visita às fases do final do Paleozóico, Triásico, Jurássico e Cretácico, apresentando-nos os principais dinossauros de cada uma destas épocas. Actualmente, existem 120 modelos neste parque ao ar livre e esperam-se novos modelos durante o ano de 2019. No caminho que fizemos na Lourinhã até ao parque, vários são os dinossauros que nos assinalam o caminho até lá. Existe bastante sinalização que indica o caminho até ao parque, o exlibris daquela localidade, por isso não há como não acertar no caminho até estes gigantes! Para quem não sabe, o Dinoparque da Lourinhã surge de um projecto de cooperação entre a Câmara Municipal da Lourinhã e o Dinosaurierpark de Münchehagen, o parque irmão existente em Munique.

O parque dispõe de diferentes percursos, cada um deles para uma das épocas de que vos falei acima. Os trilhos estão bem identificados e cada dinossauro exposto tem um pequeno painel com mais informação: zona do planeta onde habitava, fase em que viveu, principal tipo de alimentação, entre outra informação. Ao longo do parque, surgem também placas que nos assinalam os melhores locais para tirarmos as nossas fotos para mais tarde recordarmos este passeio com os dinossauros. A visita ao parque inicia-se com a passagem por um pequeno museu onde podemos ver alguns esqueletos de dinossauros e fósseis encontrados na região. Afinal de contas, a Lourinhã é o nosso paraíso dos dinossauros! Ao nível de serviços, o Dinoparque possui uma zona de restauração, bar de apoio, zona para refeições, áreas de descanso (aqui é possível fazer picnics) e uma loja para levarmos connosco uma recordação do parque.

 

Dinoparque da Lourinhã: A nossa experiência!

dinoparque-da-lourinha

Aproveitando as férias do Natal e uma época de menos calor, visitámos o Dinoparque da Lourinhã em Dezembro, após o Natal. Tivemos a sorte de apanhar um lindo dia de sol e um tempo bastante ameno para Dezembro. O parque também não tinha muitos visitantes, o que ajudou a fazer os trilhos, a tomar a refeição no restaurante do parque e a desfrutar do parque infantil que existe no espaço. Imagino que em tempo quente, no verão, o parque estará bastante mais cheio e poderá não ser fácil chegar a todas as atracções. Por isso, se quiserem desfrutar melhor de todo o espaço, aproveitem a época mais baixa. Garantidamente, irão desfrutar mais do vosso passeio e não vos escapará nenhum detalhe!

Desde que entramos no parque, nota-se uma boa disposição nos funcionários que nos recebem muito bem na recepção e que nos dão todas as explicações necessárias para desfrutarmos da nossa visita. O funcionário que nos atendeu foi especialmente divertido com o nosso filhote e isso é, sem dúvida, muito importante para uma boa primeira impressão dos locais que vamos visitar. Na entrada, é-nos entregue um folheto com toda a informação do parque, um pequeno cartão com um jogo de perguntas para completarmos durante a vista e podemos também adquirir um pequeno livro sobre os diferentes dinossauros que podemos encontrar no parque.

dinoparque-da-lourinha

A nossa imagem do parque é muito positiva! Achamos que está bastante organizado, bastante limpo e com bastantes actividades e locais para serem explorados por miúdos e graúdos. Gostámos bastante dos modelos de dinossauros e do museu que podemos visitar logo na entrada. A simpatia dos funcionários do parque foi uma constante em todos os momentos e a simpatia no restaurante também esteve presente, apesar de ter bastante movimento! Muitas vezes, fazemos estas visitas com expectativas demasiado elevadas e acabamos por ficar desiludidos… É verdade que não existem modelos de dinossauros mecanizados nem um T-Rex pronto a correr atrás de nós para uma breve refeição. Mas este parque está bastante bem conseguido, tem muita informação disponível em todos os cantos e permite uma boa aprendizagem sobre esta época da história da Terra. Sem dúvida, que iremos regressar em breve até porque ficámos curiosos com os novos modelos que irão chegar ao parque este ano.

 

Sigam a Mom descomplicada no Facebook e no Instagram da Mom descomplicada e no Instagram das Leituras descomplicadas!
 Juntem-se ao grupo do Facebook “Leituras descomplicadas – Livros para miúdos e graúdos”!
Siga a Mom descomplicada
20

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *