Leituras da mãe

Livros infantis: pequenos amigos para a vida!

Quem me acompanha aqui no blog, no Facebook ou no Instagram sabe que sou uma apaixonada por livros infantis. Costumo partilhar os livros infantis que vou descobrindo para que os possam dar a conhecer aos vossos filhos. Já vos falei de livros com sons de veículos, instrumentos musicais ou obras de música clássica, óptimos para os mais pequenos explorarem. Mais recentemente, apresentei-vos a colecção “Um saltinho a…” e os livros sobre Lisboa e Porto que convidam a um passeio por estas cidades.

Para uma apaixonada por livros como eu, seria impossível não querer passar essa paixão ao meu filho logo desde cedo. Aliás, só poderia ser assim depois do incentivo do pediatra à manipulação de livros dado na consulta dos seis meses de idade. Por aqui, a colecção de livros do meu filhote já via longa para um menino de 23 meses… Apesar de tantas vezes dizer a mim própria “este livro é o último dos próximos tempos!”, acabo sempre por comprar qualquer coisa de novo. E de todos os livros que existem cá por casa, os primeiros que comprei para ele serão sempre os mais especiais.

A variedade de livros infantis que existe à nossa disposição é imensa! Os temas podem ser os mais variados possível. Desde histórias de encantar a histórias que retratem a realidade, a oferta é imensa e parece que encontro sempre novos títulos de cada vez que entro numa livraria.  A cada nova pesquisa online, há mais um título para juntar à wishlist aqui de casa. Tendo eu como objectivo oferecer um novo livro em cada aniversário domeu filhote, acho que a tarefa não vai ser nada difícil, não acham?

Num país repleto de história como o nosso, seria impossível não haver livros infantis dedicados a este tema. São alguns exemplos os livros que irei agora partilhar convosco. Estes livros infantis falam da história da vida de reis e infantes, de forma simples e descomplicada, podendo ser uma boa forma de ensinar a História de Portugal em momentos em família. E quais são as coisas boas que estes livros podem trazer?

livros-infantis-historia-portugal

Livros infantis: Os melhores amigos para contarem a nossa História

Das diferentes disciplinas da escola, nem sempre a História é a mais amada… Ah é chato termos de decorar todas as datas… Ah que não consigo decorar os nomes dos reis das diferentes dinastias… Parece que surgem sempre mil e uma desculpas para não se gostar de História… Olhando para a vossa realidade de pais de crianças mais crescidas, garantidamente já devem ter ouvido queixas destas. Se recuarmos uns anos atrás, se calhar, nós próprios as dissemos quando andávamos na escola, quando não tínhamos nas aulas de História o nosso local preferido…

Felizmente, os autores de livros infantis têm feito um bom trabalho a este nível. Vários têm sido os títulos publicados sobre figuras da nossa história, numa linguagem mais amiga dos mais pequenos. Juntam-se a esta linguagem muitas imagens coloridas e divertidas e é meio caminho andando para se gostar de História! Pode não ser tarefa fácil mas cabe-nos a nós, pais, mostrar-lhes que mesmo as disciplinas mais chatas podem ser divertidas! Vejam isto como parte do vosso “trabalho de casa”. É verdade que dá algum trabalho a fazer descobertas que os incentivem a gostar de História… Mas os livros infantis podem  ser bons aliados para vocês nesta tarefa, sendo exemplos disso estes três títulos que aqui partilho.

Era uma vez um rei poeta, de José Jorge Letria

D. Dinis, “O Lavrador”, de Amanda Menezes e Inês Moura Paes

Infante D. Henrique, O navegador dos Sonhos, de José Jorge Letria e ilustrações de Afonso Cruz

livros-infantis-dom-dinis-infante-dom-henrique

Livros infantis: Interiores que apaixonam

A linguagem que os autores utilizaram nestes livros sobre a vida de Dom Dinis do Infante Dom Henrique é simples e direta, como se quer num livro para crianças. Não existem floreados feitos com palavras e é, através de uma prosa bem construída, que se mostra aos mais pequenos a história de vida de dois portugueses importantes. Um dedicado às letras e outro dedicado aos mares. Os dois, responsáveis por ter levado o nome de Portugal um bocadinho mais longe, fosse com palavras ou com barcos!

Muito daquilo que nos faz apaixonar nos livros infantis, está escondido nas suas bonitas ilustrações e palavras breves. Os mais pequenos dispensam longas páginas cheias de texto e são as imagens que os cativam, que os fazem voltar aquele livro vezes sem conta. A eles e a nós!

livros-infantis-dom-dinis-rei-poeta
Ilustração do livro “Era uma vez um rei poeta”
livros-infantis-infante-dom-henrique
Ilustração do livro “Infante Dom Henrique, O Navegador dos Sonhos”
livros-infantis-dom-dinis
Ilustração do livro “D. Dinis, “O Lavrador”

Quando folheei estes livros pela primeira vez, foi impossível não me apaixonar por estas ilustrações! Acompanhadas de detalhes das vidas do rei Dom Dinis e do Infante Dom Henrique, transportam-nos para outras épocas. Mostram-nos um rei e um infante de olhos postos no seu país mas com vontade de levá-lo mais longe. Fosse com poemas de amor ou com mapas do mundo, estes dois portugueses mostraram que o sonho é possível e pode realizar-se!

Livros infantis: Mundos de encantar para construir a realidade

Os livros infantis servem também para isso: mostrar que é bom sonhar. A correria do dia-a-dia nem sempre nos deixa passar essa mensagem aos nossos filhos… Talvez por que nos tenha sido incutida essa mensagem enquanto crescíamos ou porque a sociedade não nos deixa, parece que não é permitido sonhar e olhar a lua… Devemos ajudar os nossos filhos a sonhar e os livros infantis servem exactamente para isso. É claro que devemos garantir que as crianças conhecem a sua realidade para que possam levantar um pouco os pés do chão… Mas é esse o nosso papel como pais, não é verdade?

Mesmo que não sejam grandes adeptos de leitura, convido-vos a este pequeno esforço pelos vossos filhotes. Convém passar-lhes a mensagem de que ler é bom e que o livro é tão bom ou melhor companheiro que um tablet. Digam-lhes que os livros eram o tablet da vossa juventude e que muito se construía à volta deles. Mostrem-lhes que a leitura de um livro pode ser um excelente momento em família e fomentem esses momentos! Porque não criar um cantinho de leitura na sala, em vez de o ter no quarto dos mais pequenos? Porque não construir esse cantinho com espaço para que, pais e filhos, possam ler em conjunto os livros de que mais gostam? Às vezes é preciso tão pouco para sermos felizes!

Siga a Mom descomplicada
20

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *