Bem-estar e beleza

Exercício físico: como encaixar na agenda de mãe?

Exercício físico. Desportivar. Ginásio. Devem ser aquelas expressões que mais queremos introduzir na nossa rotina depois de sermos mães e, provavelmente, das que temos mais dificuldade.

O belo algoritmo do Facebook está feito para, de tempos a tempos, nos recordar de publicações que partilhamos no passado. Por estes dias, o Facebook lembrou-me desta foto que partilho agora convosco e que tirei há três anos, em 2015, o ano em que fiquei grávida. Por essa altura, era uma corredora regular. Chegava a treinar umas cinco vezes por semana, quando participava em corridas o fim-de-semana. Para quem não sabe, sou quem assina como Fiona no blog Corre mais rápido!. Comecei a correr com mais frequência em 2008 e fiquei fã! Desde essa altura e até 2015, altura em ir parei por causa da gravidez, fiz um sem número de corridas de 10km, mais algumas meias maratonas em estradas, mais umas de trail e cheguei a começar a treinar para a maratona de Sevilha, em que não pude participar por lesão. Correr é, juntamente com a natação, o desporto em que me sinto “em casa” e que maior prazer me dá depois de terminar o meu treino. Nem imaginam o sentimento de ressaca que sinto nos últimos tempos…

Depois de ter sido mãe, apenas devo ter corrido umas três vezes. Participei na última corrida da Volkswagen mas estou muito longe ainda do ritmo de outrora. Que saudades tenho eu das corridas matinais, antes de começar a trabalhar. A energia que ganhava para o dia que tinha por diante era qualquer coisa de inexplicável e que sabia tão bem.

Sermos mães muda-nos a agenda e a mentalidade perante as coisas. Confesso que, mesmo tentando ser o mais organizada possível, ainda não consegui encaixar na minha agenda o regresso à corrida. E preciso tanto disso até porque ainda estão por perder alguns quilinhos para regressar à forma de antigamente… Ou pelo menos perto dela!

Acho que o truque passa por criar o meu plano de treino, step by step, para voltar a ter os meus happy feet de regresso às corridas. Ao mesmo tempo, sinto também que preciso de uma reeducação alimentar. Sinto que me falta aqui qualquer coisa que me permita ter toda a energia de que necessita, tanto a nível físico como mental, com o final do doutoramento tão próximo…

E convosco como sentem que é? Conseguem encaixar uma corrida ou uma ida ao ginásio na vossa agenda? Quais são os vossos truques? Ajudem aqui a Happy Mom descomplicada para ela voltar à estrada como antigamente…

Siga a Mom descomplicada
20

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *