Pensamentos

Como seria mudar de vida?

Já partilhei no Instagram e no Facebook que, por estes dias, tenho estado em casa em modo de descanso… O senhor doutor achou que a velocidade de trabalho e o esforço estava a ser bastante e que, se não abrandasse, o corpo iria ressentir-se e isso não se quer. Aliás, já tinha escrito sobre a cabeça não ter juízo e ser o corpo a pagar

Estes dias em casa têm sido, acima de tudo, dedicados a ter tempo para mim. Para realinhar o rumo e estabelecer prioridades para 2018 sempre com os olhos postos no tempo em família e uma #maternidadeapassodecaracol. Estes dias em casa têm-me também feito pensar no que seria mudar totalmente de rumo. Por aqui já tenho escrito que tenho um trabalho exigente e que estou a finalizar um doutoramento, tudo na área de recursos humanos. Esta área faz-me focar muito nas pessoas e na necessidade de mudanças de algumas mentalidades para que a realidade do trabalho possa ser mais fácil sem interferir (demasiado) com a família. E estes dias em casa têm-me feito pensar…

Como seria um mundo ideal em que eu pudesse trabalhar a partir de casa, dedicar-me a todas as ideias que tenho em relação ao blog e à parentalidade? Como seria ter mais tempo para o meu baby boy e poder passear mais dias com ele ao sol e saltar nas poças da chuva? Como seria um mundo perfeito em que não haveria necessidade de madrugar para ir trabalhar e deixar o meu filhote (tempo demais!) na escola?

Sabem quando se imaginava o que seria mudar de vida…? Pois bem… Por aqui pensa-se nisso…

Siga a Mom descomplicada
20

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *