Dia-a-dia

O quarto do bebé… Esse pequeno refúgio!

Ontem, numa  ida a essa meca da decoração que é a Ikea, cruzei-me com um casal que estava a fazer as compras de mobiliário para o quarto do seu bebé quase a nascer. Foi impossível não sorrir e não relembrar quando eu mesma e o meu marido andávamos no mesmo périplo em busca das melhores soluções para o quarto do nosso baby boy. Como o tempo passa a correr…
Aqui no blog, já escrevi sobre a organização dos quartos dos mais pequenos. Por exemplo, é possível simplificar a organização do espaço apostando em mobiliário básico que acompanhe o crescimento dos mais pequenos, como podem ler neste post escrito em conjunto com a parceria Home so simple. Já escrevi também outra vez sobre o pequeno refúgio que queremos que o quarto do nosso bebé seja, com algumas sugestões da Ikea e da Vertbaudet para que tudo funcione. Ou ainda o post com sugestões Ikea para construir um quarto de inspiração Montessori com o melhor ambiente preparado para promover a autonomia dos nossos filhotes.
Ao fim de 20 meses, o baby já teve dois quartos fruto aventura em que os pais se meteram de mudar de casa quando ele era bebé. A mobília manteve-se a mesma mas o espaço aumentou bastante, permitindo agora imaginar as coisas de forma diferente. Os itens básicos do quarto são um berço SUNDVIK, uma cómoda HEMNES e um trocador SUNDVIK. Depois de estarmos na casa nova, juntei a isto uma tenda personalizada Gusca e uma estante baixa da Vertbaudet (parecida com esta aqui). Confesso que se fosse hoje, optava por não comprar o modelo de cómoda que comprei… Agora parece-me demasiado grande mesmo num quarto que é maior do que o original. Acho que isso também tem muito a ver com o facto do quarto actual ter roupeiro embutido (logo, tenho muito mais espaço para arrumação) e o anterior não tinha. Depois, também deve ter a ver com o ter vindo a explorar mais inspiração para quartos de criança (podem ver, por exemplo, os álbuns que tenho na minha conta do Pinterest: quartos de criança e quartos montessori) e ter descoberto que, afinal, gosto de um estilo mais simples, mais nórdico. 
Este 2018, inicia com vontade de renovação e de tornar a casa mais minimalista, mais simples, com mais espaço para gargalhadas e felicidade. Sim, chamem-me lamechas mas por aqui anda-se mesmo neste mood…
Quadro Coreopsis, cavalinho de baloiço Casa
Quero um refúgio simples, alegre e bem disposto para o meu bebé. Porque, afinal, mãe que é mãe quer mesmo o quarto onde o seu filhote se sinta no seu cantinho de céu, não é verdade?

Siga a Mom descomplicada
20

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *